Alimentação saudável na gestação

Alimentação saudável na gestação

Alimentação saudável na gestação

Texto de Débora Kemp Malamud, nutricionista

A gravidez é uma fase de extrema atenção da nutrição na gestação. É o momento de fazer escolhas saudáveis, a fim de ganhar somente o peso necessário para os tecidos maternos e o desenvolvimento do bebê.

Não é uma época para fazer dietas restritivas e nem pensar em perder peso. Por outro lado, também não significa comer em excesso ou “comer por dois”.

A perda ou excesso de peso nesta fase de nutrição na gestação pode trazer prejuízos tanto para a saúde da criança quanto da mãe.

Os nove meses de gestação exigem uma alimentação equilibrada, com todos os grupos alimentares (energéticos, construtores e reguladores). Mas, em determinados períodos, o consumo de certos nutrientes deve ser reforçado.

Primeiro Trimestre

No primeiro trimestre ou até mesmo antes de engravidar, devemos consumir alimentos ricos em ácido fólico e até mesmo suplementar.  Ele é importante para evitar defeitos no tubo neural que está em formação. Alimentos como vegetais verde-escuros, grãos integrais e feijão são fontes de ácido fólico.

O ômega- 3, tem efeito protetor no sistema nervoso central e o consumo está associado a redução no risco de problemas imunológicos, como alergias do trato respiratório do bebê. São encontrados em peixe como salmão, cavala, peixe-espada, anchovas e truta e também no óleo de linhaça e nas sementes de chia.

A vitamina D é importante para as estruturas do sistema nervoso central e modular neurotransmissores que estão envolvidos a depressão, durante a gestação. Além da exposição solar a vitamina D pode ser adquirida por alimentos fontes como peixes e ovos.

Período de Gestação

O aumento do consumo de alimentos fontes de ferro é essencial para evitar a anemia. Afinal, é de extrema importância para o desenvolvimentos do feto. Garante a formação de hemoglobina que transportam oxigênio até as células. A carne vermelha é a principal fonte.

O cálcio é um dos minerais que devem ser muito considerados nessa fase. É de extrema importância para a formação dos ossos e dentes do bebê, como também para as estruturas da gestante. Como ótimas fontes de cálcio, temos: leites e derivados, vegetais de cor verde-escura, chia, linhaça e gergelim.

Não menos importante, podemos citar os alimentos com ação antioxidante. Nesta categoria, estão as frutas berries (cranberry, goji berry, blueberry), que diminuem a ação dos radicais livres.

Dessa forma, a alimentação da gestante precisa ser orientada e supervisionada por um profissional nutricionista. Ele irá determinar as necessidades individualizada.

Deixe seu comentário ↓

Outros Posts

1 Comment

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published