Tudo o que você precisa saber sobre o Câncer de Mama

Tudo o que você precisa saber sobre o Câncer de Mama

Tudo o que você precisa saber sobre o Câncer de Mama

Outubro Rosa chegou e retoma-se a conversa sobre o Câncer de Mama.  Assunto muito sério entre as mulheres.

O melhor site para consulta é o INCA, mas deixo aqui um resumo rápido do que é importante saber.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor maligno. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

O Que Aumenta O Risco

– Obesidade e sobrepeso após a menopausa;

– Sedentarismo (não fazer exercícios);

– Consumo de bebida alcoólica;

– Exposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X);

– Primeira menstruação antes de 12 anos;

– Não ter tido filhos;

Tudo sobre cancer de mama
PREVINA-SE!

– Primeira gravidez após os 30 anos;

– Não ter amamentado;

– Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;

– Uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);

– Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos;

– História familiar de câncer de ovário;

– Casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos;

– História familiar de câncer de mama em homens;

– Alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.

Prevenção

30% dos casos podem ser evitados seguindo as boas práticas de: realizar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, manter o peso adequado, evitar consumo de bebidas alcoólicas e amamentar.

Sintomas

É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

– Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;

– Alterações no bico do peito (mamilo);

– Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;

– Saída espontânea de líquido dos mamilos.

Tratamento

Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitas pessoas, por medo ou desconhecimento, preferem não falar no assunto e acabam atrasando o diagnóstico. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal inevitável e incurável.

Há dois possíveis tratamentos para o câncer de mama, um clínico e um cirúrgico.

Os tratamentos cirúrgicos envolvem a retirada da mama, a mastectomia, ou parte dela. Os tratamentos clínicos envolvem vários tipos de medicamentos, como os quimioterápicos, os hormonais e também a radioterapia, que deve ser empregada logo após o tratamento cirúrgico.

Deixe seu comentário ↓

Outros Posts

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published