Receita de bolo de banana com cacau

Você acha difícil agradar o paladar das crianças com alimentos saudáveis? A convite da MOOUI, a Fernanda Fontoura, do Comidinhas de Diana, trouxe nesse post uma receita de bolo de banana com cacau, que além de ser uma opção ótima para a saúde é uma delícia!

Read More

Dia das Mães

Dia das Mães

A data como conhecemos hoje é uma criação moderna. Uma jovem professora americana, Anna M. Jarvis (1864-1948), perdeu sua mãe em 1905 e entrou em profunda depressão. Preocupadas com tanto sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Anna com uma festa. Mas Anna queria que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Passou a escrever longas cartas a políticos, empresários, comerciantes e religiosos, sugerindo a criação de um dia em homenagem às mães.

História

Em 1908, algumas igrejas de sua cidade, Grafton (Virgínia), e da Filadélfia, onde ela também já tinha morado, escolheram o dia 10 de maio – um dia depois da data de aniversário da morte da senhora Jarvis – para lembrar as mães. Em 1910, a Virgínia foi o primeiro Estado a festejar oficialmente o Dia das Mães. No ano seguinte, quase todos os Estados americanos seguiram a ideia.

Finalmente, em 1914, a data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson, ficando para o segundo domingo de maio.

Poema

Amamos esse poema do Khalil Gibran sobre nossos filhos!

Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável.

Abaixo mamães com seus pequenos usando Mooui Kids! É muito amor <3

Deixe seu comentário ↓

Outros Posts

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published